Buscar
  • Fischer Comunicação

Terracinho é muito útil em lavouras de café nas montanhas


A abertura de terracinhos nas entre linhas de cafeeiros, em áreas de terreno com inclinação acentuada, como ocorre na cafeicultura de montanha, é uma prática que facilita os tratos na lavoura, apresentando muitas vantagens.


Os terracinhos aqui considerados são diferenciados em relação aos micro-terraços. Eles são mais estreitos, tendo apenas de 0,6 a 1,0 m de largura, e são construídos para facilitar o trato manual, enquanto que os micro-terraços são usados para viabilizar a mecanização em lavouras de terrenos inclinados. Os terracinhos são abertos manualmente, com enxadão e enxada, com auxílio de pequeno arado de bois ou com micro-tratores tipo Tobatta, enquanto que os micro-terraços são abertos com tratores, de esteira ou de pneu, ou escavadeiras.


Os terracinhos são indicados para lavouras adensadas, com 1,8 a 2,5 m de rua. Eles formam caminhos por onde o trabalhador passa a transitar no plano, aumentando o rendimento e a qualidade do seu trabalho, nos diversos tratos culturais e na colheita do café. Além disso, eles servem para barrar as enxurradas, reduzindo a perda de solo e de água do terreno na lavoura, diminuindo a erosão e aumentando a infiltração da água. Também ajudam na retenção de adubos e outros insumos aplicados ao solo, beneficiando o desenvolvimento e a produtividade dos cafeeiros.


A abertura de terracinhos é uma prática apropriada a pequenos agricultores, pois eles próprios podem abri-los sem necessidade de contratação de maquinário. Como já foi dito, se apropriam a plantios adensados ou semi-adensados, onde a abertura dos micro-terraços, mais largos, exigem a passagem de maquinário e, para estes, o mínimo de espaço na rua seria de 3,0 m.


Os terracinhos podem ser abertos antes ou após o plantio do café e mesmo em lavouras em fase mais adiantada de formação. O ideal é abrir os terracinhos pouco tempo depois do plantio do café, pois, assim, fica mais fácil fazer a sua abertura bem no meio das duas linhas paralelas de cafeeiros e, desde o início da lavoura, já pode ir preenchendo suas finalidades.


Finalmente, uma ideia do rendimento na abertura dos terracinhos. Para abertura manual, com enxadão e enxada, são necessários cerca de 20 h.d por há. Com auxilio de pequeno arado de aiveca puxado por boi, duas pessoas trabalhando fazem de 700 a 800 m de terracinhos por dia.


POR JOSÉ BRAZ MATIELLO

FOLHA PROCAFÉ


5 visualizações0 comentário

Logo_ForCafe.png

Vendas e informações

11 2730 0522

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

@forcafe

Quero expor