top of page
Buscar
  • Foto do escritorForcafé

Solução da Mosaic Fertilizantes resulta em incrementos médios de até 3,3 sacas de café por hectare


A Mosaic Fertilizantes desenvolveu uma solução que tem resultado em incrementos médios de até 3,3 sacas por hectare nos cafezais. Além da alta de produtividade, os cafeicultores também estão em busca de elevar a qualidade dos grãos, uma vez que a excelência da bebida final tem se traduzido em atrativa rentabilidade.

“Cuidar bem da saúde solo é uma das principais formas de atingir níveis de excelência em qualidade de café. A nutrição equilibrada, aliada às melhores práticas de manejo da cultura, permitem com que o cafeeiro tenha à disposição nutrientes importantes para produção de compostos que dão sabor e aroma ao café, influenciando diretamente na qualidade da bebida”, explica Flávio Bonini, gerente de Serviços Técnicos da Mosaic Fertilizantes.

A empresa desenvolveu o K-Mag, adubo com formulação exclusiva que apresenta notável aumento de produtividade. Por conter três nutrientes altamente solúveis – magnésio, enxofre e potássio – e baixo teor de cloro, a Mosaic afirma que as adubações com K-Mag resultam em lavouras mais homogêneas e saudáveis, com enchimento de grãos e desenvolvimento de frutos mais sadios.

Quando em concentrações adequadas, o magnésio se torna essencial para a fotossíntese, absorção de fósforo e tolerância da planta a estresse. Quando o solo apresenta deficiência de magnésio, o desenvolvimento da lavoura é comprometido, com impactos na absorção de água e nutrientes, reduzindo a produtividade da cultura e a qualidade dos grãos de café.

Outro nutriente ofertado pelo fertilizante K-Mag é o enxofre, que atua no aumento do teor de cafeína nos grãos, contribuindo para a qualidade da bebida. O potássio também contribui com o enchimento dos frutos e regula a troca de gases e a perda de água ao ambiente, garantindo que a planta esteja sempre hidratada na medida correta.

“A demanda de nutrientes de uma lavoura deve ser plenamente atendida para alcançar produtividade elevada e maior resistência a estresses climáticos, hídricos e de doenças. Um elemento essencial não pode ser substituído por outro, e a deficiência ou ausência de algum nutriente certamente impactará negativamente na produtividade do cafezal”, afirma Bonini.

A relação de troca entre fertilizantes e grãos é positiva e os cafeicultores precisam de soluções que incrementem a fertilidade do solo para aumentar a rentabilidade sem abrir mão da sustentabilidade. A Mosaic Fertilizantes investe no desenvolvimento de tecnologias que geram benefícios químicos, físicos e biológicos aos solos e processos produtivos. Dessa forma, a empresa auxilia agricultores a alcançar os máximos potenciais genéticos das culturas, contribuindo para a ampliação de sistemas agrícolas mais sustentáveis e adaptados aos cenários de mudanças climáticas e de demanda por alimentos.

As informações são da Mosaic Fertilizantes.

1 visualização0 comentário

Comentários


bottom of page