Buscar
  • Fischer Comunicação

Sistema Faemg/Senar Minas lança vídeos para auxiliar produtor


O Sistema Faemg/SenarMinas lançou o projeto Somos + Café, que consiste em 15 vídeos educativos para o segmento da cafeicultura sobre os temas secagem do café, broca e plantas daninhas. O projeto iniciado há um ano será uma ferramenta de apoio aos cafeicultores na safra 2020/2021. O material tem o apoio da Cooperativa Regional dos Cafeicultores em Guaxupé (Cooxupé). Desenvolvido pelo gerente da Regional de Passos, Rodrigo de Castro Diniz, que tem doutorado sobre a utilização de vídeos na aprendizagem de agricultores, com o apoio de Tércia Pereira de Almeida, Coordenadora de Inovação e Conhecimento, e Mirian Barbosa Rocha Silveira, Coordenadora Pedagógica, os vídeos inovam o conteúdo já utilizado pela entidade e serão utilizados também nos cursos de educação à distância que estão em desenvolvimento. Para a realização desse projeto, Diniz trabalhou um ano na captação de imagens, produção de roteiro e editou o material em formato que atenda a demanda do mercado e o processo de ensino/aprendizagem desenvolvido pelo Senar Minas. “Durante os meus quatro anos de doutorado, percebi que são poucas as fontes de referência e estudo para o público rural, tanto no Brasil como no mundo. Diante dessa realidade e da falta de tempo dos trabalhadores, desenvolvemos um material em vídeo para apoio aos nossos instrutores e pesquisa, o que vai dar suporte ao cafeicultor e ao trabalhador rural”, disse. “O objetivo é levar o conhecimento de forma moderna, rápida, objetiva e com bastante conteúdo prático de interesse dos cafeicultores”, destacou o superintendente da entidade, Christiano Nascif. “Produzimos esse material acompanhando todo o ciclo do café, com o apoio dos nossos instrutores. Contamos também com a parceria de vários produtores, que cederam as suas propriedades para a captação de imagens. Além disso, contamos com vasto material de pesquisadores do Brasil e do mundo, o que deixou o nosso conteúdo ainda mais rico com detalhes muito específicos de cada fase vivenciada na lavoura do café”, disse Diniz. Ainda segundo ele, para que o produtor e o trabalhador possam entender o que acontece com o fruto em caso do ataque de doenças no cafeeiro, as imagens captadas são muito esclarecedoras. Com a utilização desse material espera-se que a qualidade buscada para os produtos seja mais facilmente alcançada com o avanço da qualificação dos produtores rurais. O público conhecerá também o mercado da cafeicultura e a sua força em Minas Gerais e no restante do País. Para Mário Ferraz, engenheiro agrônomo e gerente de Desenvolvimento Técnico da Cooxupé, a expectativa da cooperativa é que mais informação chegue até seus associados e a todos os cafeicultores. “Com mais conhecimento, os produtores podem seguir o manejo correto nas lavouras e evitar perdas nos processos, consequentemente tudo isso se converte na qualidade do produto e maior rentabilidade”. As informações são da Assessoria de Imprensa – Regional Passos.

1 visualização

Logo_ForCafe.png

Vendas e informações

11 2730 0522

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

@forcafe

Quero expor