Buscar
  • Fischer Comunicação

Secretaria de Comércio Exterior aponta aumento na receita de exportação do café em outubro


Dados divulgados pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia, que consideram 22 dias úteis do mês de outubro, apresentam a receita com as exportações de café torrado e não torrado, extratos, essências e concentrados no mês foi de US$ 510,181 milhões, aumento de 14,5% ante os US$ 445,669 milhões faturados em igual período de 2019.


O Brasil exportou no período 234,759 mil toneladas (ou 3,913 milhões de sacas de 60 kg), volume 12,95% maior que as 207,849 mil toneladas (3,464 milhões de sacas) embarcadas em outubro de 2019. Os dados foram divulgados nesta terça-feira pela Secretaria de Comércio Exterior (Secex) do Ministério da Economia e consideram 22 dias úteis do mês de outubro.


De acordo com a Secex, foram embarcados em outubro 225,378 mil toneladas (3,756 milhões de sacas) de café não torrado, avanço de 13% ante as 199,473 mil toneladas (3,325 milhões de sacas) do ano anterior. A receita com as vendas externas desse tipo de produto subiu 16,8% em outubro, para US$ 463,659 milhões, ante os US$ 397,004 milhões faturados em outubro do ano passado. Nesse sentido, os preços tiveram uma elevação de 3,37%, passando de US$ 1.990 a tonelada em outubro de 2019 para US$ 2.057 a tonelada no mesmo mês deste ano.


Já em relação à categoria café torrado, extratos, essências e concentrados, o volume exportado pelo Brasil aumentou 12% no período, de 8,376 mil toneladas (139.600 sacas) em outubro de 2019 para 9,381 mil toneladas (156.350 sacas). A receita com esses produtos foi 4,4% inferior, na mesma base comparativa, para US$ 46,522 milhões, ante US$ 48,665 milhões obtidos em outubro do ano anterior.


As informações são do Estadão Conteúdo

2 visualizações

Logo_ForCafe.png

Vendas e informações

11 2730 0522

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

@forcafe

Quero expor