Buscar
  • Fischer Comunicação

Recursos do Funcafé ultrapassam R$ 2 bilhões


O Conselho Nacional do café (CNC) apurou, ao lado do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), que a liberação dos recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé) aos agentes financeiros, na safra 2020/2021, chegou a R$ 2,061 bilhões até o dia 4 de setembro.


Considerando que o total contratado por bancos e cooperativas de crédito junto ao Fundo, na temporada cafeeira atual, soma R$ 4,9 bilhões até o momento, o volume liberado às instituições representa 42% desse montante. É válido recordar que, para essa safra, o Funcafé disponibiliza um total de R$ 5,710 bilhões.


Do volume repassado até agora, R$ 861,4 milhões foram destinados à Comercialização, o que corresponde a 37,5% do disponibilizado para esta linha. R$ 566,4 milhões foram para Custeio (35,4%), R$ 362,1 milhões ao Financiamento para Aquisição de Café - FAC (31,5%) e R$ 270,6 milhões para Capital de Giro (41,6%).


Contratos assinados


Até a última sexta-feira (11), 29 instituições financeiras assinaram contratos para o recebimento de recursos do Funcafé, somando um valor de R$ 4,920 bilhões, o que equivale a 79,6% do total de R$ 5,710 bilhões disponíveis.


Ainda restam três agentes – Santander Brasil (tomou parcialmente os recursos), Citibank e Banco do Brasil – que se credenciaram para rubricar os contratos, envolvendo um montante de R$ 790,2 milhões.


As informações são do CNC.

2 visualizações

Logo_ForCafe.png

Vendas e informações

11 2730 0522

  • Facebook ícone social
  • Instagram
  • LinkedIn ícone social

@forcafe

Quero expor