Buscar
  • Forcafé

Projeto da CNA e Apex-Brasil capacita cafeicultores para exportação do grão


O café é a segunda bebida mais consumida no mundo e, para ajudar mais cafeicultores brasileiros a conquistar novos mercados, na última quarta-feira (27), o projeto Agro.BR iniciou uma capacitação virtual com foco na exportação do produto.

O Agro.BR é um projeto da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) para capacitar, planejar e viabilizar a geração de negócios internacionais para pequenos e médios empresários rurais brasileiros.

O primeiro dia do evento foi dedicado a apresentar as melhores certificações indicadas para diferentes mercados, vantagens em exportar o café em pequenos e grandes lotes e oportunidades e tendências de consumo na Ásia.

Na abertura, a coordenadora de Promoção Comercial da CNA, Camila Sande, ressaltou que a cafeicultura é o setor que tem maior representatividade no projeto. “O Brasil é o maior produtor e exportador de café no mundo e ainda temos um vasto mercado a conquistar, como o de cafés especiais. Por isso, o Agro.BR incentiva e oferece capacitação para que os cafeicultores tenham oportunidades de acessar mercados internacionais”, destacou.

O consultor do Agro.BR em Minas Gerais, Ricardo Abreu, lembrou que das 954 empresas rurais inscritos no Agro.BR, 304 são de empreendedores do setor de café. “Em 2020, 68 empresas apoiadas pelo Agro.BR alcançaram a marca de US$ 158 milhões em exportação. Já no primeiro trimestre de 2021, 56 empreendedores rurais negociaram a quantia de US$ 89 milhões. Isso indica que nós vamos ultrapassar os valores do ano passado”, disse.

Os debates foram intermediados pelo assessor de Relações Internacionais da CNA, Rafael Gratão. Os participantes conheceram as melhores certificações para diferentes mercados, com a apresentação dos representantes da startup Certificafé, Mauro Júnior e Luciano Oliveira. Eles mostraram como a tecnologia pode reduzir o tempo e o custo do processo de certificação agrícola para fazendas produtoras de café.

Em seguida, a representante da empresa Agrorigem, Danielle Mohallen, apresentou, na prática, o trabalho de conectar cafeicultores a compradores internacionais e oportunidades de negócios para cafés especiais com identidade e origem.

Se você é produtor de café e tem dúvidas sobre o universo da exportação, aproveite a oportunidade e participe do projeto Agro.Br. Na quinta (28), a capacitação virtual segue com informações sobre oportunidades e desafios para o café brasileiro na China e exportação em grandes volumes.

Inscreva-se no projeto gratuitamente clicando abaixo: https://cnabrasil.org.br/agrobr/index

As informações são da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).


3 visualizações0 comentário